Propostas Chapa Conectar

Fique por dentro de algumas propostas da Chapa Conectar, atual gestão do CAMBLU (2022)!

Presidente – Amanda Junges Derlam (7ª fase)
Vice-presidente – Laura Spengler Zen (6ª fase)
Tesoureiro – Bruno Francisco Pawlak (6ª fase)
Secretária Geral – Julia Westarb Buss (7ª fase)
Secretária Adjunta – Laís de Barcelos de Aguiar (3ª fase)
Diretora de Patrimônio – Julia Klaumann (7ª fase)
Diretor de Assuntos Acadêmicos – Luiz Henrique Dias Christ (9ª fase)
Diretora de Comunicação Externa – Maria Eduarda Ponticelli (4ª fase)                                                                                                        Vice-diretora de Comunicação Externa – Bruna Tamara Suzane Paganelli (8ª fase)
Diretora de Eventos – Johanna Laschewitz Wamser (5ª fase)
Vice-diretora de Eventos – Scarlet Schiquet (3ª fase)
Diretora de Filantropia – Maria Eduarda Pereira (4ª fase)
Diretora de Comunicação e Marketing – Thainá Scheffer Gava (5ª fase)
Vice-diretora de Comunicação e Marketing – Ana Luísa Boing Alvarenga (5ª fase)
Diretora das Ligas Acadêmicas – Giovanna da Silva Bottezini (5ª fase)
Diretor de Políticas Científicas – Guilherme Wandall (8ª fase)

 

PROPOSTAS DE CONTINUIDADE DA CHAPA:

  • Cerimônia do jaleco;
  • Simulado semestral;
  • SECIMED;
  • Posicionamentos e Ofícios;
  • Manual dos Calouros;
  • MEDFURB ON em parceria com IFMSA Brazil FURB;
  • Blog CAMBLU;
  • Transparência CAMBLU;
  • PAATC e PAF-LIGAS;
  • Manutenção e cuidados com as salas de coworking e de convivências;
  • Projeto Treineiros;
  • Fiscalização UNIEDU;
  • Parceria filantrópica com a ONG YPDO;
  • Foco na saúde mental;
  • Conversação em inglês;
  • Inovações na Lojinha do CAMBLU;
  • Parceria com Instituições (IFMSA Brazil, Atlética, AEMESC FURB);
  • Revista Científica Integrativa da Saúde;
  • CNPJ do CAMBLU;
  • Workshop de Produção Científica;
  • Projetos de Filantropia;
  • Projeto de extensão com abrigos Nossa Casa;
  • Disciplina Optativa – Medicina Mediada por Tecnologias;
  • Priorização da avaliação dos professores;
  • Contato com a SEMUS;
  • Queremos te Escutar!
  • Manual de criação de ligas acadêmicas;
  • Noite Cultural em parceria com IFMSA Brazil FURB;
  • Certificado DAEX;
  • Proficiência em Inglês;
  • Preparação para o ENADE;
  • Monitorias de Semiologia.

PROPOSTAS DA CHAPA CONECTAR:

III SOLAM – feita por acadêmicos para os acadêmicos; A SOLAM surgiu em 2020 como uma forma de compensar a falta da nossa Semana Acadêmica, devido à pandemia! O evento traz uma parceria inédita com as ligas acadêmicas do curso, e possibilitou que os próprios alunos pudessem fazer apresentações de palestras, suprindo a falta de oportunidades para apresentação de trabalhos desde o início da pandemia! Além disso, a SOLAM oportuniza sorteios e interações dos alunos com os professores e apresentadores! A Chapa Conectar propõe a continuação do evento para 2022 em um novo formato. A partir de 2022, a SOLAM será um espaço para os acadêmicos iniciarem suas apresentações em eventos. Cada Liga Acadêmica ficará responsável por eleger um representante que deverá apresentar um caso clínico durante o evento. Haverá uma comissão avaliadora de professores que elegerão os 3 melhores casos apresentados. O edital e as orientações do evento serão divulgados com antecedência e o CAMBLU oferecerá além da premiação um certificado como apresentador de evento a esses alunos que apresentarem o caso clínico. Assim, além de compartilhar conhecimentos e experiências o evento passará a estimular a oratória e o ingresso em apresentações de eventos científicos.

CAPACITAÇÃO DOS PROFESSORES PARA O USO DOS BONECOS DE SIMULAÇÃO: A FURB contém os bonecos de simulação, no entanto há poucos professores que sabem utilizar o sistema, fazendo com que sejam pouco aproveitados. Tais bonecos seriam de grande importância para o aprendizado e formação prática dos estudantes, por simularem situações reais que o acadêmico pode vir a encontrar em sua vida profissional. Desse modo, a Chapa Conectar tem por objetivo averiguar e lutar pela disponibilização desse sistema, a fim de que os simuladores estejam disponíveis e possam complementar o conhecimento do estudante de medicina.

ADAPTANDO-SE À TRANSIÇÃO CURRICULAR – No semestre de 2019.2, houve a implementação de uma nova matriz curricular para as novas turmas in Medicina da FURB. Hoje, 3 anos depois, o nosso curso encontra-se dividido igualmente entre turmas inseridas no currículo novo (turma L em diante) e no currículo antigo (turmas XLIX à XLIV). A Chapa Conectar pretende trabalhar de forma a identificar e acolher as diferentes necessidades e particularidades existentes em cada currículo, para tornar esse período de transição curricular o mais eficiente possível para todos os acadêmicos.

CONFLITOS DE HORÁRIOS DE AULA COM MONITORIAS E EXTENSÃO – ABORDAR COM O CONSELHO (CAMINHOS A SEREM SEGUIDOS NA FACULDADE – INTEGRAR ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO) – Existem três pilares que constituem uma Universidade, o ensino, a pesquisa e a extensão. O ingresso em uma universidade deve oportunizar a participação do aluno nos três pilares constituintes, de maneira que ele possa aproveitar todas as experiências disponíveis durante sua formação. Os acadêmicos de medicina, inúmeras vezes não conseguem participar dessas atividades devido à dinâmica de horários sujeitas a constantes alterações. Sabemos que muitos acadêmicos de medicina abdicam de seus horários de aula para participar de monitorias e projetos extracurriculares. A Chapa Conectar reconhece a importância desses três pilares e quer promover uma mudança, levando esse assunto para maiores instâncias, afim de buscar formas de possibilitar o aluno a participar dessas atividades sem comprometimento de suas horas de ensino.

INTRODUÇÃO À MEDICINA – PALESTRA INTRODUTÓRIA COM VÁRIOS TEMAS PARA OS CALOUROS: A conquista de passar na tão sonhada graduação de medicina parece resolver todos os problemas, mas o começo do semestre traz diversas dúvidas relacionadas ao curso.           Dificilmente essas questões serão aprofundadas ou até mesmo abordadas em sala de Pensando nos calouros e em todos os alunos, nós da Chapa Conectar temos o          objetivo de sanar algumas dessas dúvidas por meio de um encontro aberto, sendo um          local de escuta e ajuda aos acadêmicos.

ATENDIMENTO MÉDICO PARA TODOS!: Todas as pessoas portadoras de algum tipo de deficiência possuem o direito de serem atendidas pelos serviços disponíveis no SUS. Assim, a humanização do atendimento e a inclusão de pessoas com necessidades especiais são partes fundamentais da formação médica. Apesar de a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) ser uma disciplina abordada no novo currículo, ela não é retratada de nenhuma forma no antigo currículo. Pensando em capacitar os acadêmicos para que consigam melhorar seu atendimento às pessoas com deficiência durante as aulas práticas, a Chapa CONECTAR pretende promover conteúdos nas suas mídias sociais como o Podcast e o Instagram e realizar ações que aprimorem a capacidade dos estudantes em abordar o assunto durante a prática médica e também na vida pessoal!

APOIO AO TCC: Desenvolver o trabalho de conclusão de curso (TCC) é parte fundamental do curso de medicina e pré-requisito para entrar no internato, mas é frequente que com ele, uma infinidade de dúvidas apareça junto. Pensando em contribuir para a realização desses projetos, a Chapa Conectar pretende atualizar o site do CAMBLU com dicas que orientem na elaboração do trabalho, bem como produzir materiais que possam de alguma forma ajudar os acadêmicos da medicina nesta importante etapa do curso.

BEM-ESTAR FÍSICO DOS ESTUDANTES – Assim como a saúde mental, a saúde física dos nossos estudantes também é uma preocupação constante do centro acadêmico, já que muitas vezes ela acaba sendo deixada de lado. E é justamente por isso que a Chapa Conectar pretende desenvolver projetos e ações voltadas para o bem-estar físico dos nossos acadêmicos, incluindo diversos âmbitos como nutrição e educação física que sejam capazes de aprimorar a saúde dos estudantes do curso. Para isso, formamos parceria com a Atlética, que possui grande importância no estímulo das atividades físicas dos acadêmicos de medicina e maior conhecimento sobre práticas esportivas. Nos comprometemos a trabalhar juntos para estimular a atividade física e o bem-estar.

E-BOOK DOS SISTEMAS DE PRONTUÁRIO: Os sistemas de prontuário como o PRONTO, o TASY e o E-SUS estão presentes na rotina de praticamente todos os acadêmicos do curso de medicina durante as aulas práticas da faculdade. Visando melhorar o entendimento dos alunos acerca do funcionamento destes sistemas, levando em conta sua complexidade e que a falta de orientação sobre o assunto é queixa frequente entre os acadêmicos, o CAMBLU pretende desenvolver um e-booksemelhante a um manual simplificado dos sistemas de prontuário, para que os estudantes tenham um entendimento básico sobre cada um deles e que possam acessá-lo de forma fácil sempre que precisarem.

ABORDAGEM SOBRE RESIDÊNCIA MÉDICA: como funcionam as provas teóricas e práticas? Como escolher sua residência? Quanto tempo duram as bolsas?; Ao sair da universidade com o diploma em mãos, o profissional da área médica pode se deparar com um grande dilema ao tentar escolher qual residência realizará: como se preparar para a prova de residência? Esta questão vivida por diversos recém-formados poderia ter seus dias contados caso houvesse, durante a graduação, o preparo correto e a capacitação dos acadêmicos para realização de provas de residência. Esta é a ideia da Chapa Evolução para o ano de 2021: trazer profissionais capacitados para preparar os acadêmicos e fazer com que estes cheguem às provas de residência conhecendo suas etapas, conhecendo as maneiras mais proveitosas de passar por esta fase quase tão importante quanto a própria graduação.

PARCERIAS PARA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA; A iniciação científica é uma questão de extrema importância quando o assunto é montar o próprio currículo e aumentar a bagagem de conhecimentos do acadêmico. Entretanto, ao longo da faculdade, podem ocorrer déficits de aprendizado, fazendo com que os estudantes tenham dificuldades na hora de redigir um trabalho para ser exposto em congressos ou anais. A intenção é ampliar e incentivar a iniciação científica e, além disso, facilitar a comunicação entre os acadêmicos que desejam aumentar sua bagagem de produções científicas e os professores que podem auxiliar neste processo, bem como com a biblioteca da FURB, que está disposta a participar do processo de correção de trabalhos. Além disso, para a execução dessa proposta a Chapa Conectar propõe uma parceria com a IFMSA Brazil FURB que possui o um eixo de produções científicas, agregando experiência e conhecimentos no desenvolvimento da proposta. Acreditamos que a união das instituições possa estimular ainda mais os acadêmicos e abrir novas oportunidades

OFICINA DE ORATÓRIA: A oratória é uma das principais competências pessoais e se mostra importante tanto na vida acadêmica como na futura vida profissional dos estudantes de medicina. Falar de uma forma segura com os pacientes durante as consultas e ter confiança na hora de apresentar um trabalho são apenas algumas situações em que ter uma boa desenvoltura se mostra como uma habilidade importante na vida dos acadêmicos. Pensando nisso, o CAMBLU objetiva ser suporte para que os estudantes possam aprimorar tal habilidade e pretende criar treinamentos de oratória em forma de workshops ou oficinas.

ESTÁGIOS OPTATIVOS: Os estágios optativos fazem parte da grade curricular do curso e devem ser feitos de maneira obrigatória por todos os acadêmicos da décima fase. Nessa etapa da faculdade, a maioria dos alunos acabam direcionando seus estágios para as especialidades que mais se identificam e pretendem seguir depois da graduação. Pensando nisso, a Chapa Conectar pretende contribuir para essa escolha, buscando através de acadêmicos que já realizaram seus estágios optativos, quais serviços hospitalares aceitam estudantes da Medicina FURB e em quais especialidades realizaram seus estágios. Dessa forma, os acadêmicos que tiverem que escolher seus estágios optativos na décima fase poderão consultar no site do CAMBLU uma planilha atualizada de hospitais e especialidades que já aceitaram acadêmicos e que possivelmente conseguirão estagiar também.

MUTIRÃO DE DOAÇÃO DE SANGUE (reunião com atlética + IFMSA ). A importância da doação de sangue se mostra clara a partir do fato de que uma bolsa de sangue pode manter vivas até 4 pessoas! Sendo assim um doador regular pode salvar até 12 pessoas por ano. Levando isso em conta, o objetivo da Chapa Conectar é unir o CAMBLU às campanhas da Atlética e da IFMSA Brazil FURB para atingir toda a comunidade acadêmica e incentivar a doação de sangue. Acreditamos que a união das três instituições será mais efetiva para a realização de mutirões e ampliará o número de doadores. Juntos somos mais fortes!

ATENÇÃO AS DEMANDAS DO INTERNATO: Os acadêmicos do internato vivem uma realidade e rotina diferente das dos demais acadêmicos. Eles passam mais horas envolvidos em atividades e aulas dentro dos hospitais e ambientes de prática e possuem uma carga horária mais extensa. Pensando nessas diferenças a Chapa Conectar quer estar averiguando atentamente as necessidades desses acadêmicos, dando mais conforto e atenção. Para que isso seja possível, realizaremos um formulário no início de cada semestre, no objetivo de ouvir e receber sugestões de possíveis melhorias. Além disso, manteremos um canal de comunicação aberta com os líderes e representantes de cada fase, e ficaremos a disposição para ouvir todos os acadêmicos. Queremos estar mais conectados ao internato para que juntos possamos fazer ainda mais melhorias.

 

Instagram da Chapa Conectar: @chapaconectar